📄 Por que “frequência” é tão importante no YouTube? (Spoiler: não é só por causa do algoritmo)

A internet é rápida demais. Por isso, um dos fatores de relevância do algoritmo do YouTube é a data da publicação do vídeo. Mas há outra coisa muito importante: o fator humano.

Algoritmo + Frequência

Captura de Tela 2018-07-01 às 17.15.22
Repare aí nessa etiqueta “Novo” na barra de vídeos sugeridos

Dentro da plataforma, um vídeo é considerado novo por 7 dias. Após esse período, ele perde relevância e não é mais tão sugerido quanto antes. Veja bem: não é mais tão sugerido – não quer dizer que a vida desse vídeo acabou. Tenho muitos vídeos no meu canal que são antigos, mas muito acessados através do sistema de pesquisa do YouTube. Outra hora faço um post sobre isso.

Nas consultorias, eu recomendo canais postarem, no mínimo, uma vez por semana, para sempre ter um vídeo “novo” na plataforma. Se for possível postar mais de uma vez por semana, melhor. Diariamente? Um sonho!

Um dos criadores que eu acompanho e postam quase diariamente é o PewDiePie (o do exemplo acima). Não é atoa que tem tantas sugestões de conteúdo do próprio PewDiePie na barra de sugeridos dentro de um vídeo dele.

Mas não é só isso! A missão do YouTube hoje é fazer com que as pessoas fiquem o maior tempo possível dentro do site – consumindo vídeos e anúncios. Não é atoa que canais com vídeos mais longos performam bem: porque retém a audiência – e geram receita para o Google. Preciso fazer um post sobre a lógica do algoritmo, mas por agora um resumo: acumular watchtime (tempo de exibição) é excelente para um canal.

Além disso, fazer com que o espectador assista seus vídeos com mais frequência, “diz” pro algoritmo que esse usuário tem o hábito de assistir seu conteúdo. A lógica é: se esse usuário consumiu isso no passado, tende a querer consumir isso no futuro.

Assim, quando você postar algo novo, será mais provável que o algoritmo sugira seu vídeo para essa pessoa – seja enviando notificação, pela tela inicial, vídeos sugeridos… Isso se chama recomendação pelo histórico do usuário, que certamente será tema aqui novamente.

print 48h
Estatísticas de um vídeo do Gambiacine: as primeiras horas de divulgação do vídeo são bem importantes!

O fator humano

Ok, mas eu disse no título do post que não era só uma questão de algoritmo. E aí?

Eis um dos vários clichês da publicidade: “quem não é visto não é lembrado”. Por mais que eu não seja fã de frases prontas, acho que podemos levar isso pra produção de conteúdo: “quem não é consumido não é lembrado”.

Temos muita opção de consumo na internet. Então é muito fácil o usuário esquecer que existimos e não consumir o que criamos, ainda mais em redes que personalizam cada vez mais a entrega de conteúdo.

Por isso frequência é importante além do algoritmo – pela lembrança de marca. Mesmo um canal que não consegue postar vídeos semanalmente precisa se manter relevante.

Como fazemos isso? Através de conteúdo em redes sociais (Instagram, Twitter…) e no próprio YouTube, seja respondendo comentários ou na aba Comunidade.

Captura de Tela 2018-07-01 às 17.55.05.png

A aba Comunidade ainda está sendo liberada para os canais, mas é uma excelente forma de manter contato com os inscritos. Posso não ter frequência na postagem dos vídeos, mas consigo manter o diálogo com os “fãs”. Em breve, o YouTube vai começar a liberar a função Stories no aplicativo e no futuro certamente lançará outros recursos.

E aí? Quais assuntos você quer aqui no blog? Me envie seu comentário! Vou ter o maior prazer em responder.

Abração do Jeão.

4 comentários em “📄 Por que “frequência” é tão importante no YouTube? (Spoiler: não é só por causa do algoritmo)

  1. Jean… Jean…
    Já acompanho o seu trabalho no canal Gambiacine há um bom tempo e tenho aprendido muito com ele, mas confesso que o seu blog realmente me surpreendeu.
    Este artigo e o que recebi via newsletter intitulado “O Instagram quer roubar o zap!” são de tirar o fôlego.
    Muito bem escritos e com um poder de síntese fantástico. Deu até vontade de roubar os textos e fazer um vídeo sobre eles.
    Que tal falar sobre as estratégias para ampliar o alcance de canais de conteúdo técnico?
    Quem tiver a curiosidade de analisar a lista dos top 10 no Brasil, vai entender o que quero dizer. Só tem canal de música, humor e game. Nada mais. Será que o universo do youtube é tão restrito assim?
    Think about…
    Sucesso sempre, meu caro amigo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s